Neurologia é a especialidade médica que trata as patologias que acometem o Sistema Nervoso Central e Sistema Nervoso Periférico, ou seja, doenças no cérebro, cerebelo, tronco encefálico, medula espinhal e nervos periféricos.

As patologias neurológicas são tratadas pelo médico neurologista.

Com os avanços da neurociência, a neurologia tem compreendido, de maneira mais aprofundada, as complexas funções do cérebro e as patologias neurológicas.

Com isto, o médico neurologista encontra-se mais preparado para melhor auxiliar seus pacientes.

Patologias comuns na neurologia:

  • Cefaleias (cefaleia tipo tensional, enxaqueca, cefaleia crônica diária, cefaleia em salvas, outras).
  • TDAH – Transtorno de déficit de atenção/hiperatividade.
  • Transtornos da aprendizagem.
  • Transtornos do espectro autista.
  • Deficiências intelectuais.
  • Neuralgia do trigêmeo.
  • Paralisia facial periférica.
  • Polineuropatias periféricas.
  • Síndrome do túnel do carpo.
  • Dor na coluna.
  • Tremor essencial.
  • Doença de Parkinson.
  • Demências (doença de Alzheimer, demência vascular, outras).
  • Doenças cerebrovasculares (AVC).
  • Tonturas, vertigem.
  • Distúrbios do sono-vigília (transtorno de insônia).
  • Transtornos de ansiedade. (TAG, transtorno de pânico, outros).
  • Transtornos depressivos.
  • Outras patologias.

Citamos apenas algumas doenças abordadas na neurologia, pois não seria didático ou mesmo viável descrever todas aqui.

Há patologias na neurologia que necessitam de exames complementares e outras cujo diagnóstico é clínico, ou seja, este é dado a partir dos sinais e sintomas apresentados e não através de exames.

Contudo, quando o diagnóstico da doença é clínico, este é realizado de maneira criteriosa, sendo feito a partir de critérios diagnósticos, estabelecidos pela ciência médica a partir de muitos trabalhos e estudos científicos.

A anamnese (história contada pelo paciente) e o exame neurológico são essenciais para o diagnóstico correto.

Há uma interface entre a neurologia e a psiquiatria, haja visto que as doenças psiquiátricas também acometem o cérebro, como é hoje comprovado pelos estudos da neurociência.

Quando procurar um neurologista?

Assim como procura-se o cardiologista e outras especialidades para a prevenção de doenças, deve-se procurar o neurologista para um check up do cérebro, sobretudo a partir dos 40 anos.

Além disto, pessoas com outras doenças, como diabetes e doenças cardiológicas, estão mais suscetíveis em apresentar patologias neurológicas.

Qualquer sintoma que remeta à possibilidade de uma doença neurológica, procure um neurologista!

 

Os principais exames complementares solicitados pelo neurologista são:

  • TCC e TC da coluna vertebral.
  • RNM de crânio e RNM da coluna vertebral.
  • Angiotomografia e angioressonância.
  • Perfusão cerebral.
  • Eletroneuromiografia.
  • EEG.
  • Polissonografia.
  • Liquor.
  • Exames clínicos de sangue.